Artigo
Dor na Articulação Sacroilíaca - Clínica Fortius

Não sabe? Você sabe identificar que articulação é esse e por quê muitas vezes os clientes chegam aqui dizendo que estão com dor no ciático e na verdade é a sacro ilíaca.

Existem diversos tipos de dor na região posterior do corpo, entre as costas e os quadris, e algumas vezes é difícil de localizar o ponto exato que a dor está aparecendo, digo aparecendo, pois muitas vezes o problema está longe do foco da dor.

Dores na região da articulação sacroilíaca normalmente são descritas como uma facada, na região baixa das costas, próxima ao sacro.

Mas não tema seja você um jovem Mancebo ou um longevo Provecto, os problemas de sacroilíaca podem eficazmente solucionados com pequenas técnicas que vamos debater aqui.

Vamos primeiro olhar mais profundamente, para compreender as causas dessa dor na região sacroilíaca, primeiramente isso pode ter haver com algum problema de “balanceamento” dos quadris.

Compreendendo a Articulação Sacroilíaca

O sacro é um osso triangular que está localizado na base da espinha vertebral, ele está lá repousando após a região lombar, mas acima dos ossos do sentar, [ 😮 ], sim temos ossos para sentar corretamente.

Bem, retornando ao sacro, ele consiste de 5 vértebras fusionadas. O sacro se conecta aos ossos da pelve, chamados de nessa região de ilíacos, e essas áreas onde o sacro e os ilíacos se tocam são chamadas de articulações sacroilíacas.

A articulação sacroilíaca é o suporte para a distribuição de peso do corpo, é a primeira ligação mecânica articular entre os membros inferiores e o tronco.

Existem duas causas primárias de dores nesta articulação, ou mobilidade excessiva ou falta dela, a terceira causa é então a mais de identificar que é a lesão direta, como uma batida.

Sintomas mais comuns de dor SacroIlíaca

Essa é a primeira pegadinha que a sacroilíaca pode proporcionar, pois ela possui diversas tipos de dores diferentes, e normalmente elas aparecem de forma associada, ou seja mais de uma dessa lista logo abaixo:

  • Dor na Lombar
  • Dor na pelve, quadril e região glútea
  • Dor na virilha
  • Dor na região da sacroilíaca em apenas um lado.
  • Dor na transição entre o sentar e o levantar
  • Dormência na região da coxa
  • Sensação de queimação ou rigidez na pelve
  • Fraqueza em uma perna
  • Dor que irradia para uma perna
  • Sensação acentuada de desequilíbrio

Causas mais comuns da disfunção de Sacroilíaca

Na maioria dos casos, essa dor, como muitas outras, estão relacionadas a uma consciência corporal baixa, associada a uma postura pobre, ou melhor não otimizada para as atividade diárias do sujeito, e ainda uma baixa gama de movimentos.

Essa tríade de sintomas pode reforçar qualquer espécie de disfunção, principalmente a da articulação sacroilíaca, somar esse tripé a uma vida em sua maior parte do dia sedentária, seguida de um pequeno faniquito de exercícios em um sábado pela manhã, aquela “pelada” de final de semana, ou um dia de excesso de caminhadas para compras, isso poderá ser a gota d’água que faltava.

Quantas vezes ouvi pessoas dizendo que suas dores apareceram em um final de semana em família, quando foram pegar crianças de colo, e suas costas ou quadris iniciaram as dores…

Sim, em sua maioria as pessoas ficam sentadas 80% de seu dia, e quando chegam em casa para descansar a mente, sentam-se e a pelve fica sem nenhum tipo de movimento… Glúteos inutilizados quase 24 horas, o psoas (assunto para outro dia) fica encurtado de uma forma bizarra sem falar dos outros músculos da pelve e do quadril que são 19 músculos contando os do períneo.

Não tratar as disfunções da sacroilíaca pode acarretar em outros problemas futuramente, como artrite degenerativa, respostas inflamatórias dos ligamentos, gerando instabilidade, osteófitos marginais ou ainda anquiloses.

Então inicie um tratamento específico para melhorar a saúde do seu corpo, pois nosso centro de massa passa pelo quadril, então todos nossos movimentos globais, irão ser ancorados no quadril, disfunções nele geram disfunções globais.

O Tratamento

Grande parte das vezes, os tratamentos são direcionados para a dor apenas, e não o foco causador dela, que pode ser a articulação sacroilíaca. Então o tratamento inicia por uma boa avaliação, a busca pelas reais causas das dores e disfunções, depois poderão ser utilizadas técnicas de terapia manual, mobilizações, manipulações, técnicas para baixar o tônus muscular como ventosas ou agulhamento, e após a dor ser controlada ou reduzir significativamente iniciamos com alguns exercícios.

Entre os exercícios recomendados estão o alongamento dos flexores do quadril, demonstrado pelo Fisioterapeuta Thiago Alfama:

Para aqueles que não conseguem ficar na postura de semi-ajoelhado você poderá realizar a opção do exercícios dessa forma:

Após a mobilização dos flexores de quadril, podemos trabalhar o alongamento de estruturas como os glúteos e o piriforme, e também da própria articulação sacroilíaca:

Quando a pessoa já possui mobilidade podemos trabalhar a estabilidade e a força do segmento com exercício de resistência:

Lembre-se de nunca executar nenhum exercícios sem a orientação prévia de um profissional habilitado.

Para maiores informações venha nos visitar e fazer uma avaliação completa, nos estamos atendendo na Av. Mariland 777 sala 602, Porto Alegre.

Lucas Job

Lucas Job

Fisioterapeuta graduado pelo Centro Universitário Metodista IPA, 2010/1, Terapeuta Manual Certificado pelo Manual Concepts Institute da Austrália 2010, Formações complementares em Maitland, Mulligan, Mobilização Neural, McConnel, Kinesio Taping, Movimento Combinado, Spinal Stabilization and Knee and Shouder Reabilit, Kabat Valejo, Liberação Miofascial Instrumental, Dry Needling- Agulhamento a seco, Quiropraxia Clínica, Formação Pilates Aparelhos, Solo e Bola. Crefito: 158.083/F
×